Cidades Saúde

Policlínica Municipal passa por reformas

Redação Colatina em Ação – 20/06/2019

Foto: Rede Social

Iniciada há cerca de dois meses, a reforma da Policlínica Municipal “Irmo Antonio Marino, já está bastante adiantada, de acordo com as informações da Secretaria Municipal de Obras (Semob). Com uma reforma geral, o objetivo da Prefeitura é melhorar toda a estrutura física da unidade, e principalmente. proporcionar mais conforto à população que procura os serviços de saúde diariamente.

E se tudo ocorrer dentro do previsto, a obra poderá ser concluída dois meses antes do prazo determinado pelo contrato da Prefeitura com a empresa Luarte. Em todo o prédio, já foram realizados os serviços básicos de retirada de material antigo que será substituído por mais novos, e pequenos consertos e ajustes.

Toda a fachada foi modificada. A parte interna está sendo reformada do teto ao piso. Todas as portas serão substituídas. O revestimento cerâmico, os aparelhos sanitários e as lâmpadas serão substituídas por lâmpadas de Led, mais modernas econômicas e duráveis. Em todos os setores, estão sendo feitos reparos na estrutura de rebaixamento de gesso do teto. Já estão prontas a fachada do prédio e as rampas internas, assim como as áreas do Laboratório, do Centro de Especialidades Odontológicas (CEO), e do setor de Atendimento de Tuberculose e Hanseníase.

Mesmo com a reforma o atendimento ao público não deixou de ser realizado. No momento, os serviços estão concentrados no primeiro pavimento, onde há uma circulação maior de pessoas durante a semana para as consultas de especialidades como Pediatria, Neurologia, Psiquiatria e Vascular, além também do setor de Pequenas Cirurgias.

No mesmo pavimento também fica a Sala de Imunização, o único setor que não está funcionando desde o início da reforma, mas a expectativa é que o retorno de suas atividades também seja para breve. No segundo andar as consultas nas áreas de Serviço Social, Psicologia, Nutrição e Oftalmologia e também de Tuberculose e Hanseníase estão acontecendo normalmente.

A obra foi orçada em R$ 300 mil. Os recursos são provenientes do Ministério da Saúde (MS), por meio de emenda parlamentar. Fonte: Comunicação Social PMC

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.