Jones Barreto, de 33 anos, assassinado com dois disparos de arma de fogo - Foto: Arquivo Pessoal
Polícia

Mulher é presa suspeita de ajudar amante a tramar morte do marido em Boa Esperança

Colatina em Ação – 10 de junho de 2022

Jones Barreto, de 33 anos, assassinado com dois disparos de arma de fogo – Foto: Arquivo Pessoal

Uma mulher de 28 anos foi presa por mandado de prisão preventiva, nessa quarta-feira (08), durante uma operação policial da Delegacia de Polícia (DP) de Boa Esperança, na zona rural do Vale da Esperança, no mesmo município. Ela é suspeita de ter participado do homicídio do esposo, Jones Barreto, de 33 anos, assassinado com dois disparos de arma de fogo na cabeça. O crime aconteceu na madrugada do dia 27 de maio deste ano, no bairro Vila Tavares, também em Boa Esperança.

No último dia 29, uma mulher de 29 anos compareceu na unidade policial, relatando ter executado a vítima de 33 anos, no bairro Tavares, em Boa Esperança. A suspeita informou para os policiais que jogou a arma de fogo utilizada no crime, em uma propriedade rural, próximo ao local do fato. Diante da informação, a equipe policial prosseguiu até a localidade indicada com as viaturas, no intuito de apreender a arma, porém, não foi encontrada.

“Conseguimos apurar que a mulher de 29 anos mantinha um relacionamento com a esposa da vítima. A vítima, no entanto, não aceitava o término do relacionamento e passou a fazer várias ameaças contra as duas mulheres.  As duas juntas, ajustaram o melhor momento com os executores para surpreender Jones Barreto e assassiná-lo”, explicou o titular da DP de Boa Esperança, delegado Willian Dobrovoski.

Tráfico de drogas

Ainda nessa quarta-feira (08), um adolescente de 16 anos foi apreendido durante a operação “Saturação”, realizada por policiais civis e militares de Boa Esperança. Ele é um dos envolvidos na morte de Jones Barreto. Na casa onde o adolescente foi apreendido, foi encontrado pela equipe policial R$ 60,00 em espécie, 10 papelotes de cocaína, 53 pedras de crack pequenas, 15 pedras de crack grandes, 225 buchas de maconha, carregador de pistola de calibre.380, aparelhos celulares e diversos materiais para embalo de entorpecentes. Na ocasião, dois suspeitos de 19 e 23 anos foram presos em flagrante delito por tráfico de drogas.

Já nessa quinta-feira (09), o último suspeito, um jovem de 19 anos, responsável pelos dois disparos de arma de fogo que mataram a vítima de 33 anos foi preso pela Polícia Militar do Estado do Espírito Santo (PMES), no bairro Tavares, em Boa Esperança.

Todos os envolvidos no assassinato responderão por homicídio qualificado. As duas mulheres de 28 e 29 anos foram encaminhadas para a Penitenciária Regional de São Mateus. O jovem de 19 anos foi conduzido para o Centro de Detenção Provisória de São Mateus (CDPSM). Já o adolescente de 16 anos apreendido durante a operação, com grande quantidade de drogas, responderá pelo ato infracional análogo ao mesmo crime, sendo encaminhado para o Instituto de Atendimento Socioeducativo do Espírito Santo (Iases). E os dois homens de 19 e 23 anos autuados em flagrante delito por tráfico de drogas, também foram conduzidos para o Centro de Detenção Provisória (CDP) de São Domingos do Norte. Todos ficarão à disposição da Justiça.

Leia também …..

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *