Motociclista morre atingida por carro conduzido por motorista bêbado em Mantenópolis - Foto: Reprodução
Cidades Polícia

Motociclista morre após ser atingida por carro conduzido por motorista bêbado em Mantenópolis

Colatina em Ação – 30 de abril de 2022

Motociclista morre atingida por carro conduzido por motorista bêbado em Mantenópolis – Foto: Reprodução

Uma jovem identificada como Adria Abranges morreu após a motocicleta em que pilotava ser atingida por um carro dirigido por um homem com sinais de embriaguez na noite desta sexta-feira (29), na rodovia ES-164, na zona rural de Mantenópolis, no Norte do Espírito Santo. Com o impacto, a jovem morreu no local da tragédia. A moto em que ela pilotava ficou destruída.

Uma testemunha do acidente afirmou aos policiais militares que o condutor do veículo realizou uma ultrapassagem em local proibido e colidiu de frente com a motocicleta, que estava em sentido contrário.

O motorista do carro, segue internado em um hospital de Barra de São Francisco, sob escolta policial. Segundo a Polícia Civil, ele foi autuado em flagrante por homicídio culposo qualificado por embriaguez ao volante.

De acordo com o site A Parresia, no carro havia dois homens, e os dois estavam com sinais evidentes de embriaguez. Ambos foram socorridos pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) para o Pronto Atendimento de Mantenópolis. Segundo a PM, no Pronto Atendimento, o indivíduo que estava no carona disse que tinha ingerido bebida alcoólica em um bar, juntamente com o condutor do veículo, momentos antes do acidente. A médica de plantão informou aos militares que o condutor apresentava sinais claros de embriaguez.

O motorista foi transferido para o Hospital Dr. Alceu Melgaço Filho, em Barra de São Francisco, escoltado pela Polícia Militar.

No hospital, foi feita uma tentativa de realizar o teste do bafômetro no condutor, porém devido a dores que ele sentia no peito, o homem não conseguiu soprar o equipamento para aferição. Foi confeccionado o laudo de constatação de alteração da capacidade psicomotora, pois o indivíduo apresentava sinais evidentes de embriaguez como forte odor etílico e olhos avermelhados. Questionado, o homem confirmou que havia ingerido bebida alcoólica minutos antes do acidente.

O veículo estava com o licenciamento atrasado e foi guinchado. Tanto a vítima fatal, quanto o condutor do veículo eram inabilitados, segundo a PM.

Entre em nosso grupo de WhatsApp e receba as principais notícias do Espírito Santo em primeira mão

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.