Covid- 19: Acaba a obrigatoriedade do uso de máscaras no Espírito Santo - Imagem de Alexandra_Koch por Pixabay
Saúde

Covid- 19: Acaba a obrigatoriedade do uso de máscaras no Espírito Santo

Coletiva começou às 15h desta quarta-feira (6); acompanhe

Colatina em Ação – 06 de abril de 2022

Covid- 19: Acaba a obrigatoriedade do uso de máscaras no Espírito Santo – Imagem de Alexandra_Koch por Pixabay

O governador do Estado, Renato Casagrande, decretou o fim da obrigatoriedade do uso de máscaras no Espírito Santo. O anúncio foi feito na tarde desta quarta-feira (6), durante coletiva no Palácio Anchieta, em Vitória.

Também foi decretado o fim da obrigatoriedade da apresentação do cartão de vacinação contra a covid-19 em restaurantes e eventos.

ES tem as melhores taxas neste mês deste início da pandemia

Renato Casagrande: “Temos mais de 1 milhão de pessoas que poderiam estar tomando a terceira dose, mas não receberam. Avançamos em um bom patamar da vacinação do capixaba. Nesses dois anos de gestão da pandemia, conseguimos avançar em diversas áreas em relação a transparência. Tivemos bons resultados agora. A taxa de transmissão hoje tá em 0,2. Para cada 100 pessoas, duas são positivas. É a menor taxa desde março. Os menores índices da pandemia são de agora, no início de abril. A média móvel de óbitos está em um. É a menor taxa desde o mês de março.

Passaporte vacinal não será mais exigido no ES

Renato Casagrande: “Além de não estarmos obrigados a usar as máscaras, inclusive nas escolas, também não será mais exigido o passaporte da vacina. Estamos em um quadro de melhores dados desde o in´cio da pandemia”.

“Estamos preparados para enfrentar a pandemia em outro patamar”, afirma secretário de Saúde do ES

Nésio Fernandes: “Hoje estamos reconhecendo que o Espírito Santo vive fase de reabilitação plena. O SUS e instituições capixabas estão preparadas para enfrentar a covid em outro patamar”.

ES aplicou 8.038.114 doses de vacina contra a covid

Nésio Fernandes: “Hoje, com 254 leitos de enfermaria e 157 leitos de UTI, entendemos que teremos condições de suportar o comportamento cotidiano em um contexto de ampla cobertura vacinal. Hoje alcançamos 8.038.114 doses aplicadas no Espírito Santo. (…) se não fosse a vacina, teríamos corrido risco muito maior”.

Na sequência, teve uma entrevista coletiva com a participação do governador e do secretário de Estado da Saúde, Nésio Fernandes.

Leia também ….

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.