Pai que morreu soterrado, aguardava atendimento do filho no hospital - Foto: Rede Social
Cidades

Pai que morreu soterrado aguardava atendimento do filho no hospital

Colatina em Ação – 10 de março de 2022

Pai que morreu soterrado, aguardava atendimento do filho no hospital – Foto: Rede Social

Um homem identificado como Eliedison Cipriano Araújo, de 28 anos, morreu soterrado após a queda de um barranco em uma área do Hospital Maternidade São José, em Colatina, no Noroeste do Espírito Santo, na madrugada desta quinta-feira (10). O corpo foi encontrado pelo Corpo de Bombeiros quando máquinas da prefeitura faziam a limpeza do local. A vítima foi identificada por um familiar

Eliedison estava dormindo dentro de um carro no estacionamento, que foi atingido pelo muro e pelo barranco. Ele ainda teria enviado uma foto para a esposa, que acompanhava o filho do casal na enfermaria do hospital, para avisar que iria descansar.

>>> Vídeo | Homem morre soterrado após deslizamento de terra em área de hospital em Colatina <<<

No local, duas motos e uma ambulância também foram atingidas pela terra. De acordo com a Defesa Civil do município, isso aconteceu, possivelmente, por conta de um vazamento em caixas d’água, que encharcou o solo.

As atividades do hospital ficaram impactos com o ocorrido. Atendimentos ambulatoriais, de consultas e exames, estão sendo remarcados. Há também falta de água em banheiros. Só estão mantidos os atendimentos considerados de urgência

A área onde ficam as caixas d’água, do lado de fora do hospital, em um depósito, está interditada. A Defesa Civil informou que a estrutura ficou abalada e afetou a fundação.

O Hospital Maternidade São José é uma instituição filantrópica que realiza atendimentos de pediatria e maternidade, entre outros.

Veja a nota do hospital

Estamos diante de um fato delicado e sensível, que foi o deslizamento de terra no entorno do hospital que, lamentavelmente, provocou a morte de uma pessoa. Os danos materiais são menores. Ainda não sabemos os motivos do acidente, uma vez que a Defesa Civil e o Corpo de Bombeiros continuam trabalhando no local. Todas as áreas de
risco já foram isoladas.

Os pacientes internados seguem sendo assistidos pela equipe do São José e os atendimentos eletivos foram suspensos e serão reagendados. O Hospital lamenta e se solidariza com a família da vítima e está acompanhando e prestando toda assistência necessária.

Leia também …..

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.