5º Manifesto Unidos pelo Rio Doce
Cidades Cultura Educação Política

Diocese de Colatina realiza “5º Manifesto Unidos Pelo Rio Doce”

Redação Colatina em Ação – 2810/2019

A Diocese de Colatina continua sua luta em prol do Rio Doce. Que há quase quatro anos, foi atingido por uma onda de rejeitos de minério. No próximo domingo (3/11), vamos promover o 5º Manifesto Unidos pelo Rio Doce.

O ato acontecerá às 19 horas, durante missa na Catedral de Colatina, a ser presidida pelo bispo diocesano, dom Joaquim Wladimir Lopes Dias. Ao final da celebração, será lido o texto oficial do manifesto, que costuma destacar pontos importantes para debate e discussão da sociedade.

A lama que devastou o Rio Doce teve início em Mariana (MG). Após o rompimento de uma barra com rejeitos de minério, no dia 5 de novembro de 2015.

Desceu 826 quilômetros pelo leito do rio, chegando a diversos municípios, sendo três deles dentro da Diocese de Colatina: Baixo Guandu, Colatina e Linhares. Depois, desembocou no mar.

Estrago ambiental

Desde esse acontecimento, a Diocese de Colatina vem a público manifestar sua indignação. Pelas consequências dessa que é considerada uma das maiores tragédias socioambientais sofridas pelo Brasil em toda a sua história. Não podemos esquecer!

Foram 19 mortos localizados e uma pessoa que permanece desaparecida. Por onde passou, a lama destruiu a fauna e a flora, deixou milhares sem água para beber. Além de tirar o sustento de inúmeras famílias de pescadores e ribeirinhos, impossibilitados de acessar o rio agora contaminado.

Quatro anos se passaram, mas nós não esquecemos e convidamos toda a sociedade a lembrar conosco! Afinal, pouco foi feito até agora para minimizar todo o estrago ambiental e todo o sofrimento causado a tantas pessoas.

Vamos participar! No próximo domingo, dia 3 de novembro, às 19 horas, na Catedral de Colatina, vista uma camiseta preta e junte-se a nós! A sociedade só mostra a sua força quando unida! Fonte: Assessoria de Imprensa Diocese de Colatina

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.