Cidades Educação

Aluno da Escola Luiza Crema recebe medalha de Ouro na Olimpíada Brasileira de matemática

Redação Colatina em Ação – 15/07/2019

Foto: Reprodução

Para alguns a Matemática pode ser vista como um “bicho de 7 cabeças”, mas para os alunos da rede municipal de ensino de Colatina, a Matemática é motivo de orgulho. Os alunos dos anos finais do ensino fundamental do município de Colatina têm mostrado na prática os conhecimentos adquiridos durante as aulas de Matemática.

Aulas essas que acontecem de forma contextualizada e promovem o desenvolvimento dos alunos. Desde de 2005 os alunos das escolas públicas municipais de Colatina participam da Olimpíada Brasileira de Matemática das Escolas Públicas – OBMEP. Ao longo destes anos, muitos alunos foram destaque, apresentaram excelentes resultados e foram premiados com medalhas ao final das etapas de avaliação da Olimpíada. No ano de 2018 não foi diferente.

Os alunos do município de Colatina participaram da OBMEP e mais uma vez demonstraram seus talentos na área de exatas. Tiago Ribeiro,13 anos, aluno do 8º ano do ensino fundamental da EMEF “Prof.ª Luíza Crema” foi destaque na edição de 2018 das Olimpíadas obtendo resultado excelente. Sem dúvidas, Tiago é medalha de ouro na OBMEP 2018 (Em 2017, o aluno recebeu medalha de bronze por sua participação na Olimpíada). No dia 08 de julho aconteceu, em Salvador-BA, a cerimônia de premiação da OBMEP 2018, que contou com a presença do ministro da Ciência, Tecnologias, Inovações e Comunicações (MCTIC), Marcos Pontes.

O aluno Tiago Ribeiro estava lá para receber sua premiação. O jovem estudante não escondia a emoção de ter levado a medalha de ouro. Nesta edição, a olimpíada reuniu concorrentes de 54,4 mil instituições de ensino do país. Além das 575 medalhas de ouro, 6,9 mil alunos ganharam medalhas de prata ou bronze e 46,6 mil receberam menção honrosa. Os ganhadores de medalhas garantem ingresso em programas de iniciação científica. Sobre a OBMEP A Olimpíada Brasileira de Matemática das Escolas Públicas – OBMEP é um projeto nacional dirigido às escolas públicas e privadas brasileiras, realizado pelo Instituto Nacional de Matemática Pura e Aplicada – IMPA, com o apoio da Sociedade Brasileira de Matemática – SBM, e promovida com recursos do Ministério da Educação e do Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações – MCTIC.

Criada em 2005 para estimular o estudo da matemática e identificar talentos na área, a OBMEP tem como objetivos principais: – Estimular e promover o estudo da Matemática; – Contribuir para a melhoria da qualidade da educação básica, possibilitando que um maior número de alunos brasileiros possa ter acesso a material didático de qualidade; – Identificar jovens talentos e incentivar seu ingresso em universidades, nas áreas científicas e tecnológicas; – Incentivar o aperfeiçoamento dos professores das escolas públicas, contribuindo para a sua valorização profissional; – Contribuir para a integração das escolas brasileiras com as universidades públicas, os institutos de pesquisa e com as sociedades científicas; – Promover a inclusão social por meio da difusão do conhecimento.

O público-alvo da OBMEP é composto de alunos do 6º ano do Ensino Fundamental até último ano do Ensino Médio. Em 2018, mais de 18 milhões de alunos de participaram da olimpíada. Fonte: Comunicação Social da PMC

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.