Cidades Esportes

Alerrandro, o garoto que tinha um sonho

Foto: Facebook, Alerrandro e sua caixa de chup-chup

O garoto Alerrandro, que mora em Colatina, vende chup-chup pelo centro da cidade. Com o dinheiro das vendas, ele pretende realizar o sonho antigo, o de comprar uma bicicleta.


Sonho esse, pequeno para alguns, tão palpável para tantos, e, para o jovem garoto apresentava-se com a real dimensão do alcance da felicidade. Se existe o sonho, certamente existe a forma de torná-lo realidade.
Alerrandro não ficou parado, longe disso, ele até andou muito, andou por dias a vender chup-chup buscando arrecadar fundos para realizar de forma digna o seu sonho. Persistiu, perseverou e resilientemente não desistiu.

Foto: Instagram


O bem atrai o bom e o bom faz o bem.
Isso forma um ciclo que se retroalimenta com a bondade. É a bondade fomentando bondade.
Se um anjo sonha, os demais conspiram para que ele se realize.
Alguns anjos surgiram no caminho de Alerrandro e Alerrandro surgiu como anjo na vida desses…
Alerrandro conseguiu sua bicicleta.
Alerrandro descobriu que sonhar é bom, mas batalhar pelo seu sonho é melhor ainda.
O verdadeiro presente nisso tudo? O exemplo de Alerrandro

Texto retirado do

Testo escrito e o sonho realizado pelo Grupo do Instagram (Colabike Girls Oficial) Comunidade de mulheres amantes do ciclismo.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.