Cidades Política

Câmara de Cachoeiro aprova aumento de até 69% para vereadores e prefeito

Redação Colatina em Ação – 02/10/2019

Foto: Reprodução

A Câmara Municipal de Cachoeiro de Itapemirim aprovou nesta terça-feira (1º) três projetos de lei que reajustam os salários dos vereadores, secretários municipais, prefeito e vice-prefeito. As matérias ainda dependem da apreciação do prefeito Victor Coelho (PSB), que poderá sancioná-las ou vetá-las.

Se sancionadas as propostas, secretários teriam aumento imediato. Já o prefeito, vice e vereadores teriam o reajuste na legislatura 2021/2024.

Como é e como pode ficar

O salário de vereador, que hoje é de R$ 6.192,00 passará para R$ 10.514, aumento de 69,79% de aumento.

O presidente do Legislativo teria um adicional de R$ 2 mil por conta das atribuições administrativas e passaria a receber R$ 12.514,00.

Hoje, somente os subsídios dos 19 vereadores representam despesa de R$ 117 mil por mês. Ao ano, o custo chega a R$ 1.411 milhão. Já na atual legislatura, o valor total da folha com subsídios é de R$ 5.644 milhões.

Se sancionado o projeto de lei, a despesa com o subsídio no mês chegará a R$ 200 mil. No ano, a folha de pagamento de salários dos vereadores será de R$ 2.421 milhões. Já o custo total na legislatura será de R$ 9.684 milhões. Aumento de R$ 4.04 milhões.

Prefeito, vice e secretários

No caso do prefeito, o reajuste é menor em relação aos subsídios dos vereadores. O salário poderá subir de R$ 14.450,00 para R$ 17.700,00, aumento de 22,49%.

O vice-prefeito poderá ganhar 12.188,00. Hoje, ele recebe R$ 8.938. O aumento representaria 36,36%.

No salário dos secretários municipais, o subsídio atual de R$ 7.264,00 poderá ser reajustado de imediato, caso sancionada a lei, para R$ 10.514,00, aumento de 44,74%. Fonte: AquiNotícias


Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.