Cidades Polícia

Incêndio atinge Pico da Ibituruna em Governador Valadares

Segundo Corpo de Bombeiros, chamas começaram no Distrito de Derribadinha e avançaram na direção de uma estrada; 40 militares atuam no combate.

Redação Colatina em Ação – 24/09/2019

O Corpo de Bombeiros de Governador Valadares trabalha para apagar um incêndio que começou na tarde desta segunda-feira (23) nos arredores do Pico da Ibituruna, principal cartão-postal da cidade e área de preservação ambiental permanente.

De acordo com os Bombeiros, as chamas começaram no distrito de Derribadinha e avançaram na direção de uma estrada de acesso ao Pico. O combate ao fogo seguiu até as 23 h, sendo retomado às 4 h desta terça-feira (24).

Ainda segundo os Bombeiros, 40 militares estão empenhados no combate ao incêndio. Como o local é de difícil acesso, estão sendo utilizados abafadores e bombas costais. Dois aviões também foram disponibilizados para auxiliar nos trabalhos.

Dois aviões auxiliam no combate ao incêndio no Pico da Ibituruna, em Governador Valadares — Foto: Reprodução

Fake news

Além do combate às chamas, o Corpo de Bombeiros também precisou enfrentar notícia falsa relacionado à ocorrência. Durante a noite desta segunda, viralizou na internet uma mensagem de que os militares estariam convocando voluntários para atuar na Ibituruna, mas o órgão desmentiu a informação, alertando que pessoas sem treinamento jamais seriam convocadas para atuar em uma situação como essa.

“O que aconteceu de fato, foi um chamado para todos os órgãos que compõem o comitê de crise. Nesse comunicado, foi pedido que os órgãos utilizem de todo o pessoal disponível para a atuação no combate às chamas. Certamente ocorreu um erro de compreensão de alguma das partes. Não de forma dolosa, mas pela imensa vontade em ajudar”, informou comunicado do Corpo de Bombeiros.

Equipe de bombeiros e brigadistas atuam para conter incêndio no Pico da Ibituruna, em Governador Valadares — Foto: Reprodução

Fonte: G1

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.