Cidades Polícia

Jovem de Mimoso do Sul, se apresenta e confessa ter matado ex-namorada, Suellen em Linhares

Redação Colatina em Ação – 02/08/2019

Foto: Reprodução

Já está atrás das grades o ex-namorado e principal suspeito de ter assassinado a professora Suellen Sousa Silva, 33 anos, na manhã de quarta-feira (31), no bairro Interlagos. O crime chocou a cidade e deixou desolados amigos, parentes e alunos da vítima.

Tarcísio Carnielo Peres se apresentou na Delegacia de Proteção à Pessoa de Linhares –DHPPL no final da manhã desta sexta-feira (2), e já foi transferido para a Penitenciária Regional de Linhares (PRL). Ele confessou a autoria do crime.

Ele estava acompanhado de um advogado, e nós tentamos entrar em contato com a defesa dele, mas ainda não obtivemos retorno. A foto é da Rede Social, e a informação é que o investigado estava com o mesma fisionomia, ou seja, de barba. Fonte:Eu vi em Linhares.

O crime

A professora Suellen Sousa Silva, 33 anos foi encontrada morta dentro da casa onde morava com os pais, no bairro Interlagos, em Linhares, por volta das 11h desta quarta-feira (31). Suelen Souza Silva foi assassinada a tiros. Segundo a polícia, o principal suspeito é o ex-namorado, que já havia ameaçado a vítima.

Testemunhas contaram à polícia que Suelen estava sozinha em casa nesta manhã. O suspeito teria pulado o muro da residência e arrombado a porta da cozinha.

Foto: Reprodução

Assim que percebeu que o local havia sido invadido, a vítima teria se trancado no banheiro. Mas o criminoso conseguiu arrombar a porta e atirar.

Foto: Reprodução

A polícia foi acionada, mas quando os militares chegaram ao local, a professora já estava morta.

Suspeito não aceitava fim do namoro
Testemunhas relataram à polícia que o ex-namorado, principal suspeito do crime, não aceitava bem o fim do namoro. O relacionamento durou cerca de um ano.

Familiares de Suelen contaram para a reportagem que ela recebia constantes ameaças de morte do ex e que a professora, inclusive, já havia ido à Delegacia Regional de Linhares para registrar um boletim de ocorrência contra ele. Fonte: G1

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.