Saúde

A gente canta, dança, caminha e interage, isso contribui na hora do parto

Redação Colatina em Ação – 03/07/2019

Vídeo de uma enfermeira estimulando uma grávida a dançar ao som de Anitta no corredor da maternidade faz sucesso, confira no vídeo 👇

View this post on Instagram

Um vídeo de uma enfermeira estimulando uma grávida a dançar ao som de Anitta no corredor da Maternidade Azilda da Silva Marreiro, em Manaus, Amazonas, tem feito sucesso na internet. Nas imagens, Rebeca Motter, enfermeira obstetra, aparece segurando o quadril da paciente em trabalho de parto, que se move enquanto ouve a música Paradinha. As duas descem juntas até o chão, segurando em uma barra. "Sempre fazemos isso. A gente dança, canta, caminha e interage – e isso tem contribuído positivamente na hora do parto", explica Rebeca, em entrevista a CRESCER. "Nossa maternidade é adepta as boas práticas do parto. Temos uma ala de acolhimento, onde são realizados exercícios e técnicas como aromaterapia, massagens de conforto, musicoterapia associada a dança", complementa.  A enfermeira explicou ainda que as músicas são escolhidas aleatoriamente, mas que precisa ser um ritmo que estimule a movimentação porque o intuito é o relaxamento e a dilatação da pelve. "Geralmente, elas gostam das atuais, como Anitta, Ludmila, Despacito…", revela.  O bebê da mãe que aparece no vídeo, cujo nome não foi revelado, nasceu no mesmo dia da filmagem, que aconteceu na sexta-feira (28), de parto normal, sem intercorrências. "Hoje (1º), o recém-nascido já sai da nossa unidade vacinado, com todos os exames preconizados pela triagem neonatal: pezinho, coraçãozinho, orelhinha e linguinha", conta.  Fonte: Revista Crescer #mulheres #maternidade #empatia #manaus

A post shared by Razões Para Acreditar (@razoesparaacreditar) on

Foto: Reprodução

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.