Esportes

Marta e Formiga à disposição do Brasil contra a França na Copa do Mundo Feminina

As brasileiras precisam quebrar um tabu se quiserem avançar às quartas de final da competição: são oito confrontos sem vencer as francesas

Redação Colatina em Ação – 23/06/2019

Foto: Assessoria / CBF

Diante das anfitriãs, o Brasil tem um desafio e tanto pela frente na busca pelo título inédito da Copa do Mundo Feminina de futebol. Contra a França, em jogo disputado neste domingo (23), às 16 horas, no estádio Océane, em Le Havre, mesma arena onde aconteceu a vitória do Brasil sobre a Jamaica por 3 a 0 na primeira rodada do torneio, o técnico Vadão terá a volta da volante Formiga, de 41 anos, além da camisa 10 Marta, maior artilheira da história das Copas, com 17 gols, em melhor forma física, liberada para ficar em campo durante os 90 minutos.

As duas seleções se enfrentaram somente uma vez em Mundiais. O duelo ocorreu na Copa de 2003, nos Estados Unidos. O jogo terminou empatado em 1 a 1. Mas as brasileiras precisam quebrar um tabu se quiserem avançar às quartas de final da competição: são oito confrontos sem vencer as francesas (cinco derrotas e três empates).

Apesar de um aparente favoritismo das francesas, que venceram os três jogos da primeira fase da Copa, as jogadoras do Brasil mantêm um discurso otimista e não demonstram receio do poderio das adversárias, conforme destacou a zagueira Kathellen, que defende o Bordeaux (FRA).

“Acredito que o Brasil é um grande time, e nós não devemos ter medo da seleção da França. O Brasil tem nome também e vamos estar preparadas. Ter a experiencia de jogar contra elas me ajuda um pouco”, frisou a atleta.

Demais confrontos das oitavas

Além de Brasil x França, os demais confrontos das oitavas de final da Copa do Mundo Feminina são os seguintes: Noruega x Austrália, Inglaterra x Camarões, Espanha x Estados Unidos, Itália x China, Holanda x Japão, Alemanha x Nigéria e Suécia x Canadá.

História da competição

A Copa do Mundo da França é a oitava edição do torneio, que começou a ser disputado em 1991 e foi vencida pelos Estados Unidos, que conquistaram outros dois títulos (1999 e 2015) e são os maiores vencedores. A Alemanha tem duas taças (2003 e 2007), a segunda delas obtida em uma final contra o Brasil. As outras duas conquistas são de Noruega (1995) e Japão (2011).

Fonte: Folha Vitória *Com informações do portal R7

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.