Cidades Política

PM fiscaliza evento com bebida liberada para menores e dois responsáveis são presos

Casa de festa sendo fiscalizada pela PM

A Polícia Militar e o Ministério Público da Infância e Juventude realizaram, na noite desta sexta-feira (24), fiscalização em casas de shows em Colatina. Durante os trabalhos ficou constatada a existência de uma festa organizada por alunos de uma escola federal no bairro IBC. Evidenciada a falta de controle na entrada do local, com bebida alcoólica liberada no interior do evento sem qualquer restrição.

O promotor da festa, um aluno de 21 anos e a segurança estavam sobre responsabilidade do proprietário da casa. Nas abordagens doze adolescentes foram identificados sobre efeito de bebida alcoólica, sendo feito teste do bafômetro e constatado o uso de bebidas com indicativos altos de teor etílico. Três menores portavam documentos com falsificação grotesca na data de nascimento. Uma adolescente conseguiu entrar no local mostrando uma foto de identidade adulterada pelo telefone.


….A PM alerta quanto à responsabilidade das casas nas diligências de verificação da idade. Aceitar cópia de documento sem autenticação, imagem de identidade por celular e outros modos que, por experiência profissional de bilheteria são mecanismos utilizados por menores, demonstra a falta de zelo na fiscalização gerando responsabilização. A PM orienta só aceitar documento original com fotografia….


Os menores foram levados ao DPJ, o Conselho Tutelar foi informado bem como os famíliares. Os dois responsáveis, pelo local da festa e o organizador, foram autuados criminalmente pelo Delegado de Plantão e arbitrada fiança de 12 Mil Reais (R$ 12.000). Além disso, a casa sofrerá as sanções administrativas, com possível multa de sete a trinta salários mínimos. O Ministério Público também representará contra o estabelecimento o que poderá levar a perda do alvará de funcionamento.
Essa é a terceira operação integrada entre Ministério Público e Policia Militar, sendo que em todas foram encontradas irregularidades e as casas de shows notificadas e multadas.


A Polícia Militar e o Ministério Público darão continuidade aos trabalhos, com fiscalização nos eventos previstos e operação de Lei Seca nas principais vias da cidade.


…A PM solicita aos pais a cautela de verificar a natureza do evento, os organizadores e demais circunstâncias antes de autorizar menores a participarem de festas. Que os pais verifiquem os documentos de seus filhos, pois muitos estão adulterando esses documentos e a adulteração de documento público é um ato que infringe a lei…


Operações com a mesma natureza serão estendidas a bares e lojas de conveniência de postos de gasolina. O objetivo é buscar efetivamente as garantias previstas no Estatuto da Criança e do Adolescente. Fornecimento de bebida alcoólica para menores é crime. Fonte: Rede Social 8º Batalhão de Polícia Militar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.